Limpeza de filtros de ar com ar comprimido

Saiba porque limpar os filtros de ar pode comprometer a vida útil do motor e o que você pode fazer para amenizar os gastos e também evitar o desgaste prematuro do motor.

Há situações em que os filtros de ar saturam muito rapidamente gerando altos gastos. Com isso muitos usuários realizam a limpeza do filtro de ar com ar comprimido e reutilizando os elementos.

Esta prática na maioria das vezes acaba comprometendo o meio filtrante do papel celulose com a dilatação dos microfuros.

Quando isso acontece as impurezas menores passam diretamente ao turbo e motor, ocasionando o desgaste prematuro e altos gastos com retífica.

É um costume para muitos usuários fazer a limpeza, mesmo que os filtros não estejam totalmente saturados. O ideal é que a manutenção seja feita somente quando o sensor de saturação acusar, e não pela mera aparência do filtro de ar.

Mesmo sabendo de tais malefícios ainda assim alguns usuários fazem a limpeza, por isso separamos algumas dicas práticas de como fazer a limpeza para haver menos prejuízos:

  • Faça a limpeza no máximo 1 vez em cada filtro, pois a cada nova limpeza os microfuros expandem ainda mais;
  • Jateie o ar comprimido somente de dentro para fora, a fim de não atravessar o papel celulose;
  • Utilize uma pressão máxima de 45PSI;

Lembre-se que nestes casos de alta contaminação um pré-filtro de ar com turbina faz toda a diferença. Faça um teste de campo e comprove os benefícios.