Pré-filtro de ar
com turbina móvel

Dúvidas frequentes

Confira as dúvidas de muita gente quanto aos pré-filtros de ar.

Acompanhe duas máquinas que trabalhem em situação de contaminação iguais, uma máquina com pré-filtro e outra sem, ambas com filtros de ar novos. Faça um relatório das horas trabalhadas e compare as duas situações. Você vai poder calcular em quanto tempo se paga o investimento do pré-filtro, bem como saber exatamente a economia em filtros de ar. Se desejar solicite nossa planilha para facilitar os cálculos. Lembre-se que a melhor maneira de fazer este teste é fazendo a troca e manutenção do filtro de ar somente quando o sensor de saturação acusar, eliminando a subjetividade. A simples aparência é um parâmetro duvidoso.

Um pré-filtro bem dimensionado de acordo com a vazão de ar do motor não impede a passagem do ar ao motor. Naturalmente com o pré-filtro a restrição de ar aumenta um pouco, mas ainda dentro da tolerância indicada pelo fabricante do motor. Gráfico de restrição de ar

Cada pré-filtro possui um desenho que impede o ingresso de água a carcaça do filtro de ar. Recomendamos que ao lavar a máquina você faça com o motor desligado e não jatear diretamente sobre o pré-filtro.

Você pode fazer um teste prático, colocando algum tipo de pó na entrada de ar do pré-filtro. Ligue o motor com o RPM de trabalho e coloque o pó no pré-filtro, imediatamente a maior parte do pó deve ser eliminado pelos canais de eliminação. Nós costumamos fazer esta simulação com farinha-de-trigo pois torna-se fácil a visualização.

Não, pelo contrário, quando você coloca um pré-filtro maior do que o recomendado a turbina irá ter um RPM menor e consequentemente eliminar menos impurezas.

Não se deve colocar um pré-filtro menor do que o indicado pois você poderá ter uma restrição de ar elevada, fazendo com que o motor aqueça e perca potência e consuma mais combustível.